Mentoplastia

Partindo do princípio que o queixo é uma das partes fundamentais na estrutura do rosto, seu posicionamento correto é um fator essencial para ter um alinhamento proporcional da face. Assim, para aqueles que se sentem incomodados com o tamanho e o formato de seus queixos, foi criada a Mentoplastia, uma cirurgia plástica que visa modificar essa parte do rosto.

A técnica cirúrgica pode utilizar de próteses (aloplásticos) ou da modificação óssea (recuo ou avanço da mandíbula) para promover uma maior harmonização facial, ou seja, o processo pode aumentar queixos pequenos/caídos e diminuir queixos volumosos, dependendo dos objetivos de cada paciente.

O procedimento é realizado através de uma anestesia local e, em casos de aplicação de próteses (mentoplastia de aumento), o indivíduo tem a possibilidade de receber alta no mesmo dia. Já as cirurgias que provocam alterações nos ossos mandibulares requerem um maior período de observação médica.

Entre os cuidados pré-operatórios estão: a realização de exames gerais, uma avaliação clínico-cardiológica e uma análise bucal com um dentista, profissional apto para verificar se não há nenhum dente inflamado ou infeccionado no paciente que pode dificultar a operação. Já entre os pós-operatórios, vale ressaltar a suspensão do consumo de alimentos em alta temperaturas ou que demandem grande esforço na mastigação, a não utilização de compressas quentes na área operada, além da essencialidade de uma boa higiene bucal.

Entre os benefícios causados pela realização da Mentoplastia, destacam-se o bom alinhamento da face e a melhora do aspecto dessa área. Como consequências dessa cirurgia, para a paciente, pode-se citar a elevação da sua autoestima, uma maior satisfação com sua imagem pessoal e otimização de suas relações sociais.

Caso opte por esse procedimento, busque um cirurgião plástico de confiança, que esclareça todas as suas dúvidas e que te oriente durante todas as etapas da cirurgia plástica.