PEELINGS

Indicado para minimizar os efeitos do envelhecimento da pele e promover o clareamento de manchas, cicatrizes e sardas, o Peeling consiste no descamamento da pele como técnica para gerar a renovação celular. Com capacidade de atingir desde a camada mais superficial da derme até a mais profunda, ele pode ser realizado em qualquer tipo de pele e em qualquer região do corpo. Devido aos avanços da medicina estética, existem diversos tipos de peeling e dentre eles destacamos o Peeling Químico.

O que é o Peeling Químico?

Trata-se de uma metodologia feita a partir da aplicação de ácidos — pode ser o ácido retinóico, salicílico, tricloroacético ou então fenol, variando de paciente para paciente — em concentrações elevadas na região desejada. Nessa técnica, é extremamente importante que o profissional responsável pelo procedimento seja um médico — dermatologista ou cirurgião plástico —, pois requer conhecimentos técnicos sobre cada tipo de pele e identificação do tratamento mais adequado para o que a paciente deseja.

Quanto à profundidade do tratamento, o mesmo irá depender do nível das manchas ou marcas que a paciente quer remover. O superficial, por exemplo, é indicado para uniformizar a pele, fechar poros aberto ou então remover manchas superficiais. Já o médio, é indicado para minimizar rugas finas e atenuar manchas e marcas de acnes com maior profundidade. Por fim, o profundo é ideal para quem deseja eliminar cicatrizes e sulcos mais profundos, como rugas ao redor da boca e dos olhos.

Ao optar por esse procedimento, além de se atentar ao profissional que irá executar a técnica e esclarecer suas dúvidas, é preciso ter cuidado com o pós-peeling. Não tomar sol por algumas semanas, sempre usar protetor solar e não remover as crostas, caso apareçam, são algumas exigências para atingir o resultado correto.

Caso tenha mais dúvidas com relação a esse ou qualquer outro procedimento, entre em contato com a nossa equipe que estaremos prontos para te ajudar.