TRATAMENTO ESTÉTICO DE VARIZES

Consequência de alterações funcionais na circulação sanguínea, as varizes se caracterizam por vasos deformados e dilatados.  Devido à irrigação sanguínea defeituosa na região, essas veias tendem a ficar mais grossas, e por vezes sinuosas, claramente visíveis na pele.

Qualquer veia está sujeita a ficar varicosa, entretanto, as mais vulneráveis são as das pernas e dos pés, pois ficar muito tempo sentado ou em pé aumenta a pressão nas veias.

Além desse fator, outros podem favorecer o aparecimento das varizes, entre eles:

  • idade
  • predisposição genética
  • tipo de atividade de trabalho
  • obesidade
  • constipação
  • estilo de vida sedentário
  • uso de determinadas peças de vestuário
  • alimentação inadequada
  • distúrbios hormonais
  • problemas linfáticos

Embora possa ocorrer em ambos os sexos, é diagnosticado com maior incidência nas mulheres. Isso acontece porque os hormônios femininos diminuem a força das paredes que suportam as veias. Com os vasos mais fracos a probabilidade de ocorrer dilatação e rompimento é muito maior.

Estima-se que cerca de 30% das mulheres sofrem ou sofrerão com problemas circulatórios que ocasionam as varizes nas pernas e joelhos.

 

Além da preocupação estética

Por darem um aspecto muito feio na pele, muitas pessoas acham que o tratamento de vasinhos e varizes é feito somente por questões estéticas. Entretanto, trata-se de uma doença que afeta diretamente a circulação do sangue, provocando dores, inchaço e, até mesmo, problemas circulatórios mais complicados, tromboses e úlceras.

Há alguns anos, o único tratamento para varizes era a cirurgia chamada de safectomía, para extração da veia safena. Esse procedimento acabava deixando cicatrizes na pele e, com o avanço dos tratamentos estéticos, deixou de ser realizada.

Hoje, procedimentos estéticos, como a aplicação de vasinhos (escleroterapia), eliminam as varizes, mantendo a veia safena e preservando a estética das pernas. O tratamento é realizado através de injeções de líquidos no interior dos vasos, o que provoca uma irritação no local e seu fechamento.